Perigo! O ambiente de trabalho catarinense está contaminado

05/06/2016 13:17
 Por Sergio Weinfuter
 

   Exagero? Não! O estado de Santa Catarina é o pior estado brasileiro no quesito saúde e integridade física do trabalhador, o estado que mais mata seus profissionais no ambiente de trabalho, perdendo para muitos estados brasileiros com menos recursos e muito mais longe dos grandes centros e parques industriais.     

  De acordo com o Ministério da Previdência Social, o estado de Santa Catarina ocupa o primeiro lugar no ranking nacional de acidentes de trabalho. Estamos liderando está lista maldita que leva os trabalhadores catarinense a ter sua saúde e integridade física alterada, mutilada ou simplesmente finalizada.  Segundo a mesma fonte citada  “A cada mil vínculos, 22,4 registram acidentes ou doenças de trabalho.” Não estamos conseguindo cuidar dos profissionais que atuam em nosso estado, levando eles a se sentirem inseguros e não terem segurança em seus ambientes laborais, resultando em muitos acidentes ou adoecimento relacionadas ao trabalho, por fim, o afastamento.  

  Mas por quê? Temos a mesma legislação trabalhista que está em vigor em todo o país e os demais estados brasileiros conseguem cuidar de seus profissionais, melhores que os que atuam em Santa Catarina. Mas em nossa região em nosso estado, não estamos tendo os cuidados necessários para garantir a saúde e segurança no ambiente de trabalho. Os números comprovam este desleixo, apesar dos vários profissionais que trabalham na área de segurança e saúde do trabalhador, estarem tentado reverter esta situação.  

  A coisa está tão feia que já pode ser considerada uma epidemia, pois  “O índice de trabalhadores afastados por motivos de saúde nas principais atividades econômicas de Santa Catarina é 48% maior que a média nacional. Além disso, o número de doenças e acidentes de trabalho em Santa Catarina, no período de 2006 a 2013 é de 360,4 mil casos.” Temos que parar este número!    

  Algo acontece com as empresas catarinenses em seus ambientes de trabalho que não conseguem manter a saúde e segurança dos trabalhadores intactas. As Normas Regulamentadoras (NR) em vigência estão para orientar os empregadores e trabalhadores, sobre seus direitos e deveres criando diretrizes para combater a insegurança na saúde e a manutenção da integridade física do trabalhador, em seu local de trabalho. 

  Os números que Santa Catarina mostra atualmente em relação a saúde e segurança do trabalho nas diversas atividades laborais que se desenvolvem no estado, são alarmantes. Mas o estado também está coberto por todas as Nrs e NBRs em vigor. Existe ainda a fiscalização do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) que atua nas empresas cobrando e conferindo suas adequações as normas vigentes, mesmo o assim, somos os primeiros na lista de acidentes e doenças do trabalho.  

  Sofremos com o desrespeitos das empresas as Normas Regulamentadoras, com o desrespeito a vida e saúde de seus profissionais. Também estes números alarmantes vem somando o descaso das autoridades com a fiscalização das Normas e procedimentos nos mais diversos ambientes de trabalho. Tanto o trabalhador quando o empregador não estão levando a sério a questão de  segurança e saúde no ambiente de trabalho, deixando para depois resolverem o problema.    

  Infelizmente pode não haver uma outra chance de pensar na segurança do ambiente de trabalho, e quase sempre sobra para o trabalhador que coloca sua vida em risco, passando por perigos desnecessários com a insegurança. Com o não cumprimentos das normas estabelecidas e a não proteção em seu recinto laborar, Santa Catarina é o estado que mais afasta profissionais de seus locais de trabalho, em decorrência dos múltiplos acidentes ou doenças laborais. Podemos dizer que o ambiente de trabalho catarinense está contaminado.    

  Contaminado por uma terrível doença, uma grande e resistente moléstia que precisa ser combatida e erradicada urgentemente, uma bactéria que está contaminando os trabalhadores, mutilando suas vidas e das suas famílias, uma terrível e resistente doença que não deixa dormir sossegado o trabalhador catarinense que se chama: descaso


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!