Paz?

16/02/2016 17:32
 

   Paz... uma palavra que segundo o conhecimento popular, todos almejam alcançar e um dia viver em um lugar que seja repleto de paz, será? No inicio de cada ano as pessoas se vestem com roupas brancas e saem as ruas pedindo paz para o ano que se inicia e desejam que todos tenham uma paz perfeita e duradoura, mas será este sentimento verdadeiro?  

   Durante toda história humana o próprio homem nunca esteve em paz, sempre esteve em guerra com os animais e quando estes não mais os ameaçavam, faziam guerra contra seus semelhantes. Uma tribo invadindo outra mais fraca, uma cidade invadindo outra ou outro país invadindo novas terras, agredindo, escravizando, usando as pessoas que já se encontrava nas tais “novas terras descobertas”.    

   A religião foi e ainda é usada para provocar conflitos em diversas partes do mundo e atos terroristas justificados através da fé. Uma fé cega que nada veem além de seu próprio umbigo e dizem que estão a procura da paz e segurança, mas para chegar a ela, promovem a guerra e barbárie contra seus semelhantes.   

   Pessoas tiradas de seus leitos durante a noite, jogadas em prisões imundas e nem ao menos dizem a elas, porque estão fazendo isso. Se perguntados, as desculpas esfarrapadas proliferam, mas continuam matando, mutilando e fazendo o que bem entenderem com seu semelhante mais fraco, que estavam em lugar errado e talvez na hora errada.   

   Punem seus semelhantes pelo simples fato de terem nascidos nesta terra sem lei, onde pessoas desumanas utilizam a religião para justificar seus atos terroristas.  Dizem que amam a paz, mas promovem a guerra, amam seus semelhantes, mas promovem a matança. Que acreditam no perdão, mas julgam e sentenciam inocentes a morte.  

   Outra prova que as pessoas não querem a paz e sim a guerra, estão nas postagem de barbáries na internet. Pululam vídeos com as mais diversas cenas macabras, horripilantes, coisas de psicopatas, que até pouco tempo somente eram vistos nos mais terríveis crimes, desvendados através dos séculos, mas agora virou moda.   

  Poucas pessoas teriam coragem para cometer as atrocidades que são postadas na rede mundial, mas como comprova a quantidade de acessos a esta imagens, muitas pessoas tem estômago para ver outros cometendo tais atrocidades. Não se abalam e desperdiçam grande parte de seu tempo, vendo e compartilhando tais insanidades, ainda dizem que querem paz e tranquilidade.  

  De que forma teremos a tal paz e tranquilidade almejada, se todos os dias são postados vídeos com semelhantes sendo massacrados ao vivo, diante do mundo que a tudo vê, mas nada faz para deter estes carrascos cruéis, que todos os dias matam homens, mulheres e crianças, somente porque não concordam com suas crenças.    

  Outros matam utilizando requintes de crueldade, somente porque seu semelhante tem uma casa, um carro ou a mulher dele é bonita e o bandido quer para si. São vários os motivos para praticar crimes hediondos e muitos dos tais crimes foram executados sem motivo algum. Não precisam existir motivo para que cometam atos de tamanha selvageria, postem na internet e ainda querer justificar seus crimes horrendos diante do grande publico, alegando que o morto, este sim é o culpado.    

  Como podem dizer que preferem a paz e tranquilidade, quando os vídeos mais acessados na rede internacional, são os maiores atos de barbárie contra a raça humana. Quem ficará em paz e tranquilo, quando seu semelhante no outro lado do mundo está preso em uma gaiola que foi incendiada e a pessoa sabendo que vai morrer e nada pode fazer, mas também sabe perfeitamente que pelo mundo afora muitos olhos estão assistindo a tudo passivamente. 

 

Paz... Tranquilidade...Aonde? 

Precisamos encontrar a paz em nós mesmo primeiramente, depois desejá-la ao mundo!


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!