Paz?

05/01/2017 17:25

Paz...

 
   Uma palavra forte que segundo o conhecimento popular, o ser humano busca continualmente. Todos almejam alcançá-la e um dia viver em um lugar repleto de paz e tranquilidade, será? No inicio de cada ano as pessoas vestem roupas brancas e saem as ruas pedindo paz para o ano que se inicia, dizem desejar que todos tenham e vivam uma paz perfeita e duradoura, mas será esse sentimento verdadeiro?  
   Durante toda história humana nunca houve plena paz com o ser humano, consigo mesmo, nem com os animais que habitavam o planeta junto com ele. Sempre esteve em guerra com os animais, lutando pela sua sobrevivencia, caçando para alimentar a si mesmo, seus familiares, mas quando começaram a criar animais e não precisavam mais caçar, passaram a fazer guerra com seus semelhantes. 
   Uma tribo invadia e dominava outra mais fraca, uma cidade invadia outra ou outro país era invadido por seus vizinhos, até pouco tempo amigos e aliados. Invadiam novas terras, agrediam os habitantes, escravizavam, matando alguns, usando as pessoas que já se encontravam nas chamadas "recém descobertas novas terras."  A isso chamavam de civilização, feita por pessoas ditas civilizadas.
   A religião foi e ainda hoje é utilizada para justificar conflitos, torturas e mortes em todo mundo e atos terroristas se escondem atrás de uma seita ou religião. Fundamentada numa fé cega que nada vê além de seu próprio umbigo e dizem que estão a procura de paz e segurança, mas para chegar a ela, promovem a guerra, a barbárie contra seus semelhantes. 
   O que dizer para as pessoas que devido a um ditador foram arrancadas da cama em seu leite de descanso e jogadas em imundas prisões, sofrendo torturas e humilhações indiscritiveis, sem ao menos saber o que estava acontecendo com elas? Quando essas pessoas inocentes tinham coragem de perguntar, seus inquisitores vinham com desculpas esfarrapadas e mesmo assim continuavam torturando, humilhando e matando sem piedade.
   Se apoderam de pessoas indefesas que pouco ou nada sabem de politica, mas por terem nascido em um lugar errado, na hora errada, são mortos aos milhares e ninguém vai em seu socorro. Punem seus semelhantes pelos simples fato de terem nascido nessa terra sem lei, onde a injustiça predomina, sobrepondo a justiça, moral e ética. Pessoas desumanas que utilizam a religião para justificar seus atos terroristas, matando homens, mulheres, crianças inocentes e indefesas. 
   O ser humano diz que gosta da paz e quer viver na segurança, mas promovem a guerra, dizem amar seus semelhantes, mas promovem a matança em massa. Acreditam no perdão, mas julgam e sentenciam a morte seus semelhantes sem direito de defesa, somente por serem diferentes. 
   Uma das maiores provas que o ser humano não busca vivem na paz e tranquilidade é a quantidade de vídeos que são acessados na Internet todos os dias, onde mostram pessoas sendo torturadas, estupradas e mortas, muitos desses  atos são transmitidos ao vivo. Essas postagens de vídeos de barbarie na rede internacional por facções terroristas  pululam por toda rede e são acessados diariamente por milhões pessoas que se dizem civilizadas, pessoas que são contra tudo o que estão vendo, mesmo assim alimentam a sede de sangue desses assassinos com suas visualizações.
   Cenas macabras, horripilantes, coisas de psicopatas que somente a policia via em suas investigações, mas agora está ao alcançe de todos. Poucas pessoas que assistem as cenas teriam coragem de praticar tamanho ato hediondo contra a vida humana, mas como prova a quantidade de acesso a cada vídeo horripilante, milhões tem estômago para assistir as cenas horriveis, confortavelmente em sua cadeira de escritório ou no conforto de sua sala de estar.
   Não se abalam e gastam grande parte de seu tempo assistindo as atrocidades cometidas, compartilhando elas com suas redes sociais e conhecidos, mas dizem que preferem a paz e segurança. De que forma encontraremos a tal paz  e tranquilidade almejadas, se todos os dias são postados vídeos de nossos semelhantes sendo mortos, diante de todo o mundo que assiste sem nada fazer? Um mundo estático, um mundo sem reação, um mundo sem alma e sem coração, um mundo insensivel e gelado.
   Todos vêem, mas ninguém faz nada para deter essa onda de assassinos que tomaram o mundo de assalto, fazendo dele seu quintal de atrocidades. Esses carrascos cruéis que matam homens, mulheres e crianças todos os dias, e nem sempre se dão ao trabalho de esconder-se atrás de um ditador, seita ou religião. Não precisam de argumentos que justifica seus assaltos a casas de pessoas de bem, bancos ou estabelecimentos comerciais. Querem o que não é seu, cobiçam o que os outros tem, mas não querem se dar ao trabalho de sair a luta e conquistar, querem conseguir de forma desonesta, nem que para isso precissem matar e torturar seus semelhantes.
   Muitos desses bandidos colocam a culpa nas vitimas porque reagiram e não deixaram levar de graça o que tanto sofreram para conseguir. Pagaram com sua vida! Não há como viver em paz com tudo isso acontecendo, quanto temos muitas Guernicas e Alepos espalhadas pelo mundo, quando temos o sangue inocente banhando nosso mundo, quando temos o grito de indefesos ecoando com o vento. Não há paz!
   Quem conseguirá ficar tranquilo quando sabe que em algum lugar do mundo, um de nossos semelhantes está sendo assassinado, torturado, estuprado, ninguém o está socorrendo e bandidos armados fazendo suas próprias leis, estando todos acima do bem e do mal, com o poder de decisão de quem vive ou morre.

Paz...
Traquilidade...
Aonde?

Precisamos encontrar a paz em nosso interior primeiro e depois desejar compartilhar com o mundo.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!